BRASINFRA PARTICIPA DA 3ª SEMANA DO PLANEJAMENTO DO DNIT

image24

Com apoio da Brasinfra está sendo realizada em Brasília a 3ª Semana do Planejamento do DNIT.  A cerimônia de abertura ocorreu no dia 11, terça-feira , com a presença do diretor-geral do DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho.


A Associação Brasileira dos Sindicatos e Associações de Classe da Infraestrutura – BRASINFRA,  apoiadora do evento, está com um stand no local. A entidade também participou da mesa de debates com a palestra “Desafios para a Retomada da Obras de Infraestrutura de Transportes na Visão do Contratado”,  proferida pelo seu vice-presidente regional, Ronaldo Velame (ANEOR).


Ronald Velame falou sobre os desafios do planejamento de obras no setor público, maior equilíbrio nas relações entre contratado e contratante, a criação de um modelo que assegure continuidade dos projetos com garantia de recursos para iniciar e terminar as obras no prazo contratado e a adoção de um modelo de pré-qualificação em serviços de maior complexidade.


Em outro painel, foi abordada a Importância do Planejamento na definição da carteira de investimentos em infraestrutura de transportes. Além de representantes do DNIT, houve a presença de especialistas do Ministério da Infraestrutura e da Empresa de Planejamento e Logística – EPL.


Para o diretor de Planejamento da EPL, Adailton Dias, o planejamento adequado faz com que os investimentos surtam efeitos para a sociedade. Lembrou que o investimento público está em redução, enquanto há potencial para o investimento privado e informou que a EPL possui 16.400 km já estudados para a concessão.


Na área de infraestrutura ferroviária, conforme o Coordenador Geral de Obras Ferroviárias, Jean Carlo Trevizolo, o DNIT está atualizando o Programa Nacional de Segurança Ferroviária em Áreas Urbanas – Prossefer, que é uma ferramenta de gestão para identificar investimentos prioritários, indispensável em cenário de poucos recursos.


O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental – EVTEA é fundamental para o planejamento de intervenções, defendeu Sidney Boareto, coordenador de avaliação de viabilidade da Diretoria de Planejamento e Pesquisa – DPP. Segundo informou, o DNIT possui 74 EVTEA concluídos ou em fase de elaboração que podem representar até 740 intervenções na infraestrutura.


Durante todos os dias do evento foram realizados  debates sobre temas importantes para o setor de infraestrutura, nos modais rodoviário, ferroviário e aquaviário, abordando assuntos como Programas de Infraestrutura, Manutenção Rodoviária, Obras de Arte Especiais, Legislação do Meio Ambiente, Segurança Viária, Simulação de Tráfego, Estudos e Projetos Aquaviários e Orçamento de Engenharia. 


Para mais informações acesse:  www.semanadoplanejamentodnit.com.br/


*Com informações do portal do Dnit